Conjunto de trabalhos elaborados pelos alunos do 8ºA, da professora Clara Abegão, Escola EB 2,3 Dr. José Neves Júnior - Faro sobre algumas espécies em risco e que É URGENTE PRESERVAR!
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007
Lince Ibérico

 

 

Lince Ibérico
O meu nome vulgar: Chamo-me Lince Ibérico.
O meu nome científico é:"Lynx Pardinus"
 
Como sou:
 
 

Têm o corpo revestido por pêlos. As suas orelhas caracterizam-se por um tufo de pêlos negros nas extremidades. As partes superiores são cinzentas arruivadas com manchas escuras sobre as costas, flancos e patas. A barriga é branca amarelada e a extremidade da minha cauda é negra. Têm pêlos faciais alongados que se tornam especialmente notáveis no Inverno e que são um importante órgão de tacto.
 
 
 

É uma espécie endémica da Península Ibérica e vive nas áreas montanhosas recônditas, cobertas por bosque e matagal, mas gosta das planícies alentejanas, onde existe caça abundante.
 
 
Tipo de alimento:
 
Para que este possa sobreviver é imprescindível assegurar a preservação de extensas áreas de habitat favorável, nomeadamente as zonas de abrigo e reprodução, através do estabelecimento de áreas protegidas. É um animal carnívoro de temperamento agressivo e territorial, alimenta-se à base de caça, principalmente coelho bravo e perdizes.
 
 
Ciclo reprodutivo:
 

O seu acasalamento ocorre em Janeiro e Fevereiro e as suas crias(de 1 a 4 ) nascem em Março ou abril, sendo o período de gestação de 65 a 72 dias. A fase de amamentação dura 3-4 semanas, mas as crias acompanham a mãe até estas voltarem a acasalar.
 
 
 
Porquê está em vias de extinção:
 
 
Está em vias de extinção devido á destruição e fragmentação do seu habitat, provocadas pela remoção indiscriminada da floresta e da construção de barragens e estradas.
A sua principal fonte de alimentação, o coelho bravo, morre devido ás doenças e á caça excessiva, o que dificulta a sua sobrevivência. A tudo isto podemos ainda acrescentar o seu abate ilegal em coutos de caça e em batidas a raposas e javalis e o atropelamento nas estradas.
O que se pode fazer para salvar o Lince Ibérico:

Podes também fazer campanhas de informação e sensibilização para que não destruam o seu habitat natural, para que não cacem coelhos bravos em demasia e para que não me matem enquanto procuram caçar raposas ou javalis.
 
Trabalho Realizado por: João Assunção nº 15
Sara Bastos nº 19


publicado por EscolaJNJ às 17:24
link do post | favorito

De Anónimo a 23 de Outubro de 2012 às 16:26
es grandeeee cabrao


De baixaalex a 19 de Novembro de 2012 às 16:02
CABRÕES SÃO VCS, ORDINÁRIOS !


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Rinoceronte da Malásia

LINCE IBÉRICO

O Cachalote

Lobo - Ibérico

Cegonha –Preta

Canguru

Panda Gigante

Grande Tubarão Branco

Lince Ibérico

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds