Conjunto de trabalhos elaborados pelos alunos do 8ºA, da professora Clara Abegão, Escola EB 2,3 Dr. José Neves Júnior - Faro sobre algumas espécies em risco e que É URGENTE PRESERVAR!

Sexta-feira, 15 de Junho de 2007
Lince Ibérico

 

 

Lince Ibérico
O meu nome vulgar: Chamo-me Lince Ibérico.
O meu nome científico é:"Lynx Pardinus"
 
Como sou:
 
 

Têm o corpo revestido por pêlos. As suas orelhas caracterizam-se por um tufo de pêlos negros nas extremidades. As partes superiores são cinzentas arruivadas com manchas escuras sobre as costas, flancos e patas. A barriga é branca amarelada e a extremidade da minha cauda é negra. Têm pêlos faciais alongados que se tornam especialmente notáveis no Inverno e que são um importante órgão de tacto.
 
 
 

É uma espécie endémica da Península Ibérica e vive nas áreas montanhosas recônditas, cobertas por bosque e matagal, mas gosta das planícies alentejanas, onde existe caça abundante.
 
 
Tipo de alimento:
 
Para que este possa sobreviver é imprescindível assegurar a preservação de extensas áreas de habitat favorável, nomeadamente as zonas de abrigo e reprodução, através do estabelecimento de áreas protegidas. É um animal carnívoro de temperamento agressivo e territorial, alimenta-se à base de caça, principalmente coelho bravo e perdizes.
 
 
Ciclo reprodutivo:
 

O seu acasalamento ocorre em Janeiro e Fevereiro e as suas crias(de 1 a 4 ) nascem em Março ou abril, sendo o período de gestação de 65 a 72 dias. A fase de amamentação dura 3-4 semanas, mas as crias acompanham a mãe até estas voltarem a acasalar.
 
 
 
Porquê está em vias de extinção:
 
 
Está em vias de extinção devido á destruição e fragmentação do seu habitat, provocadas pela remoção indiscriminada da floresta e da construção de barragens e estradas.
A sua principal fonte de alimentação, o coelho bravo, morre devido ás doenças e á caça excessiva, o que dificulta a sua sobrevivência. A tudo isto podemos ainda acrescentar o seu abate ilegal em coutos de caça e em batidas a raposas e javalis e o atropelamento nas estradas.
O que se pode fazer para salvar o Lince Ibérico:

Podes também fazer campanhas de informação e sensibilização para que não destruam o seu habitat natural, para que não cacem coelhos bravos em demasia e para que não me matem enquanto procuram caçar raposas ou javalis.
 
Trabalho Realizado por: João Assunção nº 15
Sara Bastos nº 19


publicado por EscolaJNJ às 17:24
link do post | comentar | ver comentários (98) | favorito
|


pesquisar
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Lince Ibérico

arquivos

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

links

Relógio

Música
Contador de Visitas
Free Web Counter
Estado do Tempo
The WeatherPixie
blogs SAPO
subscrever feeds